segunda-feira, 19 de abril de 2010

Criticar o que está errado ajuda?

A crítica tem um poder muito grande sobre uma criança, algo que só um adulto pode comandar. Aprendemos que apontar erros é uma maneira de aprendermos e conquistarmos coisas na vida, portanto, se queremos que nossos filhos se tornem pessoas capazes e que consigam construir suas vidas, é nosso dever dizer o que está ou não certo.

A intenção é boa, mas, muitas vezes, o resultado não é. Ao apontar mais os erros do que os acertos, o que acaba acontecendo é que a criança se desanima, acreditando que ela não consegue fazer nada direito; cresce, então, com uma idéia errada que arrasta por toda a vida e faz com que ela não se ache capaz de ir atrás de seus objetivos.


Se seu intuito é ajudar seu filho a ter auto-estima e ser uma pessoa forte, dê o exemplo: veja os erros dele como pontuais, temporários e que podem ser modificados. E ensine-o a ver seus sucessos e conquistas (por menores que possam parecer) como coisas que aconteceram por causa dele, que tendem a se repetir e que fazem parte dele.
Related Posts with Thumbnails