quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Descontando o positivo: manual do proprietário

Descontar o positivo acontece quando:

1) você evita se elogiar (moderadamente) na frente dos outros
2) desmerece/ invalida os elogios que recebe (ex: pensar "ele só elogiou meu trabalho porque quer me agradar, não porque eu realmente mereça")
3) atribui as coisas boas que faz à sorte, ao acaso ou a qualquer coisa que não dependa de você (exemplo: "fui bem na prova, mas também estava fácil dessa vez")

E por que se faz isso?

Por muitos motivos. Uma dessas razões está na mensagem socialmente reforçada de que uma pessoa humilde (e, portanto, boa e cheia de virtudes), não expõe seus pontos positivos, não "se acha", não humilha os outros contando suas conquistas.  Sendo assim, parece melhor deixar de reconhecer suas qualidades a ser vista (supostamente) de uma maneira negativa. Será?

Outro motivo: por não se ter o costume de valorizar os próprios sucessos e vitórias mas, sim, o de se culpar e criticar pelos erros e percalços do caminho. Mas isso é uma questão de hábito que, com prático e tempo, pode ser modificado, se achar que vale a pena.

A questão central aqui não é o porque isso ocorre, mas o que se ganha e, principalmente, o que se perde com esta prática.

O que se ganha ao desconsiderar o positivo:
  • às vezes, aprovação social
  • estímulo para seguir adiante (pelo menos, teoricamente)
  • melhoria na habilidade de se criticar e depreciar
  • ter uma noção realista dos seus pontos positivos e negativos (Sinceramente, eu tenho minhas dúvidas se isso acontece mesmo)
O que se perde:
  • autoconfiança e autoestima
  • oportunidade de reconhecer habilidades e potencialidades (e se aproveitar delas)
  • oportunidade de ficar feliz por uma realização
  • motivação para seguir adiante (na prática)
Depois de analisar estes itens (se tiver algo a acrescentar nestes prós e contras, sou toda ouvidos!), cabe a você decidir o que é mais vantajoso, o que você prefere que esteja presente no seu dia-a-dia.
Pode até dar trabalho, mas é possível mudar, se achar que assim você será mais feliz e produtivo. Apoio esta iniciativa (e a acabativa também).

Ana Carolina Diethelm Kley
anacdkley@hotmail.com
Para me adicionar no Facebook: Ana Kley
Para me adicionar no Twitter: @AnaDKley
Related Posts with Thumbnails