segunda-feira, 3 de maio de 2010

Quais as coisas boas da sua vida agora?

Essa pergunta tem um objetivo, e não é fazer com que você vire a Poliana ou algum personagem mítico. É ajudá-lo a ser justo.

Porque, afinal, é muito mais provável que você se lembre do que não vai bem e, aí sim, dê todo o valor. O que, aliás, é bem comum: ressaltar o negativo e colocar o positivo embaixo do tapete. Como se isso fosse um grande mérito. Acontece que o efeito é gerar desânimo, preocupação, desespero. E para que?

Resgatar o que anda bem (vale fazer uma lista) e dar o valor que isso merece (nem mais nem menos) é um favor que fazemos a nós mesmos, uma vez que a consequencia disso é aumentar, de forma realista, nossa esperança e nos fazer enxergar que, se há uma situação ou área da vida que está bem, então, outras coisas também podem ser boas, se algo for feito a respeito.
Related Posts with Thumbnails