segunda-feira, 24 de maio de 2010

Falta de foco é um desperdiçador de vida - parte 2

Imagine alguém que quer fazer hipismo e, para isso, decide fazer uma faculdade de veterinária.

Pode ser que ele ache o curso interessante, cheio de curiosidades e informações úteis mas... onde foi parar o hipismo? Cada vez mais longe. Não seria mais útil, neste caso, se ele fosse direto a uma escola de hipismo?? O resultado, com certeza, seria mais rápido e ele ficaria cada vez mais animado, o que o ajudaria a se empenhar ainda mais.

O que quero dizer com essa história é que, às vezes, a falta de foco também está na maneira como escolhemos chegar onde queremos. O caminho pode ser tão indireto que perdemos de vista o que inicialmente fomos buscar lá. E, em seguida, vem o desânimo e a idéia de que "nada do que fizermos dará o resultado que queremos". Sim, e não. Provavelmente, se continuarmos a fazer as mesmas coisas só alcançaremos os mesmos resultados, mas se tentarmos novas estratégias (caminhos mais diretos), as chances podem melhorar bastante (assim como a motivação em continuarmos atrás do que queremos).
Related Posts with Thumbnails