quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Focar no que depende de você

É um santo remédio para falta de esperança, desamparo e ansiedade.

Afinal, quando mudar algo está nas nossas mãos, a ideia de que há como resolver aquilo ganha força, o que, por sua vez, traz um ânimo novo que nos impulsiona à ação, que gera resultados e mais ânimo, e assim por diante.

Sendo assim, ao invés de concentrar sua atenção apenas no problema (e ficar remoendo a questão, reclamando do que não está bom, entre outros comportamentos afins), pense também em onde VOCÊ quer chegar em relação àquilo e o que VOCÊ pode fazer.

A ênfase foi dada para ressaltar que, se você se colocar uma meta que dependa de outra pessoa (ex: "quero que ele goste mais de mim"), você estará mais próximo da frustração e da desesperança do que gostaria.

Eu sei que, muitas vezes, não é fácil pensar no que fazer. Mas pode ser uma questão de hábito, de treino também. Não é impressionante como, para os amigos, sempre pensamos numa alternativa de ação ou de interpretação? Então, volto a repetir: use no seu caso as estratégias que você aconselharia um amigo a usar.

E, se no final da sua análise, chegar à conclusão que não há nada que você possa fazer para mudar aquela situação, ainda existe algo que pode ser modificado e que depende só de você: a sua forma de enxergar o que acontece.

Ana Carolina Diethelm Kley
anacdkley@hotmail.com
Para me adicionar no Facebook: Ana Kley
Para me adicionar no Twitter: @AnaDKley

Related Posts with Thumbnails