quarta-feira, 25 de julho de 2012

Fique mais calmo ao diferenciar possibilidade de probabilidade

O que uma coisa tem a ver com a outra?

Quando estamos ansiosos ou preocupados, nossos pan's nos dizem que toda a catástrofe que passa pela nossa cabeça é altamente provável (iminente!), o que faz aumentar nossa sensação de vulnerabilidade.

E aqui cabe uma diferenciação importante:
* algo provável = um evento que acontece com frequência, algo que é comum de ocorrer
* algo possível = um evento que pode acontecer, mas que não necessariamente é frequente

Exemplo de preocupação: "E se eu sair e um meteoro cair na minha cabeça?"

Se eu fosse ouvir este pan, chegaria à conclusão que é altamente provável que, ao sair de casa, eu seja atingida por um meteoro. Isso é verdade? Não. Agora, é impossível que isso aconteça? Também não. Só é muito improvável.

Desta forma, cabe a nós diferenciarmos as ideias que nossos pan's nos dão: estas catástrofes e perigos podem até ser possíveis, mas são tão prováveis/ comuns assim? E como fazer esta distinção?

Observe e avalie apenas os fatos: nunca ouvi falar de algo vindo do céu que caiu na cabeça de alguém, embora saiba que eles já atingiram a Terra algumas vezes. Sendo assim, é pouco provável que isso venha a acontecer comigo.

Ficou clara a distinção? Então, agora, é só praticar.
Bom treino!

Ana Carolina Diethelm Kley
anacdkley@hotmail.com
Para me adicionar no Facebook: Ana Kley
Para me adicionar no Twitter: @AnaDKley
Related Posts with Thumbnails