sexta-feira, 6 de agosto de 2010

O que você pode fazer para se sentir melhor AGORA?

Meu trabalho como terapeuta seria totalmente diferente se eu mesma não utilizasse as técnicas e conceitos que eu ensino. Acho que cairia no "faça o que eu digo, não faça o que eu faço". Mas, felizmente, não é este o caso, pois eu uso tudo o que sei, quando posso; afinal, quem acreditaria numa profissional estressada e doente que teria como objetivo ajudar outros a serem mais felizes? Eu não apostaria nela, com certeza.

Aconteceu uma coisa comigo que acho interessante compartilhar: acordei me sentindo um pouco angustiada  e desanimada também. Fiquei prestando atenção para ver se conseguia perceber o que se passava pela minha cabeça e nada. Continuei pesquisando o que estaria acontecendo para me sentir assim e nada descobria; na realidade, insistir nessa minha "pesquisa" infrutífera só estava servindo para que eu me focasse no que já não estava bom, aumentando a coisa.

Então, tomei uma decisão que mudou não só aquele momento  como o resto do meu dia: se tentar achar a causa não está dando efeito, o que eu posso fazer AGORA para me sentir melhor, nem que seja um pouco melhor?

Comecei a me focar nas coisas interessantes que faria a seguir, lembrei de pessoas que eu gostava e de viagens que tinha feito, lembranças que me trouxeram uma sensação boa; como estava no carro, liguei o rádio e procurei uma música gostosa e, chegando no consultório, coloquei um cheirinho de lavanda na sala. Conforme fui fazendo estas pequenas ações, me senti bem melhor. Então, fica a dica: quando não conseguir visualizar o que passa pela sua cabeça e que o está deixando incomodado, pense no que pode ser feito agora para que você se sinta mais confortável, acolhido, melhor de alguma maneira.
Related Posts with Thumbnails