terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Remoer e remoer e remoer (o passado)

Você fica resgatando o passado, tanto o que já aconteceu de bom quanto (e principalmente) o que aconteceu de ruim? Fiz essa pergunta porque, muitas vezes, fazemos isso e nem percebemos. Achamos normal.

Mas ficar remoendo consome energia. E muita. Além de gerar desânimo, tristeza, remorso, culpa, vergonha.

É só fazer o teste: passe um dia remoendo menos (se você costuma fazer isso com frequência) e perceba como você se sentirá à noite: provavelmente mais animado e disposto.

É, uma atividade mental aparentemente inofensiva como ruminar pode, sim, acabar com sua energia e com seu dia. Se este post serviu pra você e sua intenção é aproveitar melhor sua vida, sugiro que comece a perceber quando começar a remoer e corte o mal pela raiz.

Eu sei que não é do dia pra noite que paramos de remoer, mas quando se percebe o estrago que ele realmente faz, todo esse processo fica mais fácil.

Ana Carolina Diethelm Kley
Para me adicionar no Facebook: Ana Kley
Para me adicionar no Twitter: @AnaDKley
Related Posts with Thumbnails