quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Não se sentir bem por pensar diferente pode aumentar a ansiedade

Até aqui eu falei sobre maneiras de encarar diferente uma situação que está ligada à preocupação. O objetivo desta mudança de ponto de vista (baseada nos fatos e, portanto, REALISTA) é diminuir a ansiedade.

Mas, às vezes, nos sentimos mal ao perceber que o que pensamos de primeira estava "errado" ou não era tão realista quanto parecia. Aí, podem vir conclusões como "errar é coisa de fracassado", "não faço nada certo", "sou um incompetente mesmo", "não presto pra nada", etc. Se por acaso achar que estou exagerando, é só ver como você se sente quando erra. Dá pulos de alegria? Se não, então, fique atento às suas conclusões.

O fato é que se sentir incomodado ao mudar de opinião faz com que você se agarre à sua primeira opinião. Isso é bom? Depende dos efeitos da sua primeira idéia. Se ela faz com que você se sinta mais e mais ansioso, talvez não seja tão bom assim.

No próximo post, haverá uma maneira alternativa de pensar sobre mudar de idéia. Até lá, que tal observar o que passa pela sua cabeça (de primeira) quando percebe que errou?

Ana Carolina Diethelm Kley

anacdkley@hotmail.com  
Para me adicionar no Facebook: Ana Kley
Para me adicionar no Twitter: @AnaDKley
Related Posts with Thumbnails